terça-feira, 13 de novembro de 2012

O que é 'Infinito'? - O manifesto.

‎"Tem horas que tudo que a vida faz, é nos empurrar pra bem longe, o que a gente faz? A gente vai, a gente vai atrás do que a gente nem sabe direito o que é, a gente sai correndo, a gente esquece de tudo, esquece de todos, até chegar lá, porque é justamente lá no meio do nada, embreado naquele silêncio que parece que corta a gente ao meio, é só lá que a gente consegue ter na nossa cabeça, finalmente aquela clareza que a gente tanto procurava sem saber, e fazer música, fazer música pra mim, é botar ordem nessa barulheira que é a vida que a gente leva, é fazer com que esses caminhões lá fora, o sangue na tv, a gritaria das ruas, a injustiça dos nossos dias, aquelas pressões que chegam a acabar com a nossa vontade de viver, é fazer com que tudo isso pare. Com que tudo isso se harmonize nem que seja por alguns minutos, porque as vezes eu penso 'a gente briga pra ter paz, a gente chora pra poder sorrir, a gente grita as vezes, porque a gente quer que as pessoas ouçam o que a gente canta, a gente vive pelos que se foram, a gente morre pelos os que ainda estão aqui.' E eu sinto que as vezes a gente precisa dar de cara com um muro mesmo, a gente precisa ver no horizonte o fim da linha, até que no auge do desespero a gente apalpe a nossas próprias costas e vêem nelas um surgimento de um par de asas, é nessa hora que a gente percebe que enquanto a gente acreditar nisso tudo que a gente faz, colocar cada gota do nosso sangue, nosso suor nisso que a gente faz, e continuar fazendo isso, enquanto houverem forças, o que a gente tem nas nossas mãos, é infinito." - Lucas Silveira.


3 comentários: